Caleidoscópio

“Costumo dizer que o meu olhar é de guerra. Hoje em dia, nos vivemos numa sociedade que ninguém quer se apegar a nada”.Ferréz. Taí um cara que eu faço questão de acompanhar, torcer e tenho certeza que nossa caminhada se cruza de novo logo menos. Muito boa a participação dele no projeto NR Conversa, do Nota de Rodapé.

Um time bom demais coloca no ar o programa Frequência Modulada, uma mistura ousada de saudosismo bom das ondas do rádio com velocidade da luz internética, nas palavras dos rapazes: “um podcast, um periódico, um registro do bate papo de 3 paulistanos que viraram amigos também pelo hábito em comum de pesquisar música. Longe de ditar regras, nossa proposta é levar ao seu conhecimento novos artistas que merecem atenção ou refrescar sua memória com os artistas que tomavam seus ouvidos ao longo da sua vida, da nossa vida”. Vem coisa boa por aí, lógico. É amanhã, hein!

“The absolute worst thing that can happen for the poorest people on Earth is that the next generation of superstar entrepreneurs ends up in Silicon Valley making iPhone Apps, rather than trying to address the problems of the 4 billion people who need them the most”. Leia este artigo. Apenas.

Frida will be indahouse. Curitiba, ô sorte, vai receber a mostra “Frida Kahlo- suas fotografias” , com curadoria de Pablo Ortiz, a partir de 17 de julho, no museu Oscar Niemeyer.

Aproveitando o clima rap do post o som fica por conta da volta do Potencial 3, que mandou um videoclipe lindo (mano, baba com a fotografia) e EP no iTunes. Vem.

Leave a Comment