PrettyPeriod5Banner

Caleidoscópio

“Afinal, na maioria das reportagens, ela não é a mulher assassinada ou, ao menos, a mulher morta por policiais militares, mas “A mulher arrastada” ou, tão-somente, “A arrastada”. O vídeo de Cláudia Silva Ferreira sendo arrastada por cerca de 350 metros, ao ser transportada a um hospital na caçamba de uma viatura da PMERJ, atraiu a atenção da mídia corporativa, convertendo seu assassinato em notícia, mas possibilitou também, convenientemente, que a comoção coletiva pudesse ser desviada do fato de ela ter sido assassinada para o fato de ter sido arrastada por policiais militares.” Uma reflexão extremamente necessária sobre o assassinato de Cláudia Silva Ferreira nesse post.

É Nova Iorque, mas poderia ser sobre o Vidigal. Spike Lee on fire sobre a gentrificação do Brooklyn: “Aí vem a porra da síndrome de Cristóvão Colombo. Você não pode descobrir esse lugar! Nós já estávamos aqui! Você simplesmente não pode vir e se apropriar. Tinham irmãos tocando tambores africanos em Mount Morris Park por 40 anos e agora não podem mais fazer isso porque os novos moradores dizem que os tambores são muito altos. Meu pai é um grande músico de jazz. Ele comprou uma casa em 1968, e as porras das pessoas que se mudaram para lá no ano passado chamaram a polícia contra o meu pai. Ele nem sequer toca baixo elétrico! É acústico! Nós compramos a porra da casa em 1968 e agora você chama a polícia? Em 2013?”

Peixe Morre Pela Boca, projeto bem legal que descobrimos no Follow The Colours. Sobre o silêncio ser de ouro, sobre a importância de ouvir, mergulhar na gente pra pensar o cardume.

E esse vídeo da Solé que dá vontade de pedalar por aí sendo muito feliz, agora.

Um projeto lindo. Com gente linda. Pretty. Period., da acadêmica Yaba Blay sobre racismo e mulheres negras. Conhecemos aqui.

Lyndie Dourthe, a descoberta absurdamente inspiradora do dia, no blog de arte mais legal da rede.

Leave a Comment